Cientistas explicam como morcegos conseguem pousar de ponta-cabeça


Animais desafiam a gravidade se agarrando ao teto de cavernas.

Pesquisa foi conduzida com câmera de alta velocidade.

Henry Fountain

Do ‘New York Times’

Morcegos e seu pouso de cabeça para baixo

Cravar a aterrissagem pode ser duro para ginastas, mas ao menos eles terminam com o lado certo para cima e têm a gravidade do seu lado. Imagine o que os morcegos têm de fazer: como se empoleiram pendurados pelos tornozelos, eles precisam aterrissar de ponta-cabeça contra um teto de caverna ou folhagem. E na aproximação eles voam para cima, contra a gravidade.

Daniel K. Riskin, da Universidade Brown, e colegas agora mostraram como os morcegos fazem isso. Eles fazem um flip e, em alguns casos, um twist, e então uma aterrissagem de dois ou quatro pontos.

Riskin, que estuda a biomecânica da locomoção dos morcegos no laboratório de Sharon M. Swartz, se interessou pelo problema do pouso graças a seu conhecimento sobre os membros traseiros do morcego, que são finos e leves.

“Se os membros traseiros são muito frágeis, é necessário pousar com segurança”, disse ele.

Usando uma câmera de vídeo de alta velocidade e uma placa de contato para mensurar as forças, ele estudou os pousos de três espécies de morcegos, duas que dormem em cavernas e uma que dorme em árvores. As descobertas foram publicadas na publicação especializada “The Journal of Experimental Biology”.

O morcego de árvores pousou com força em todos os quatro membros. A média do pico de força foi quase quatro vezes o peso do corpo, mas pousar nos quatro membros reduzia a pressão em cada um deles. O morcego de caverna, por outro lado, pousava mais suavemente, inclinando-se para um lado durante a volta para terminar somente sobre seus membros traseiros.

Riskin disse que precisava estudar outras espécies de morcegos para ter certeza, mas ele suspeitava que a severidade do pouso era uma função do local de descanso. Morcegos que se empoleiram em tetos de cavernas precisam pousar mais suavidade para evitar ferimentos. Mas como a folhagem é mais branda, um pouso forte não vai machucar, e pode até dar ao morcego tempo para se assegurar de um bom apoio.

 

Fonte: http://g1.globo. com/Noticias/ Ciencia/0, ,MUL1058717- 5603,00-CIENTIST AS+EXPLICAM+ COMO+MORCEGOS+ CONSEGUEM+ POUSAR+DE+ PONTACABECA. html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s