Administrando o tempo, administrando a vida


Após a boa repercussão de meu texto sobre procrastinação, publicado aqui mesmo no Yahoo! Mulher, fiquei extremamente preocupado com alguns emails que recebi de pessoas que se dizem angustiadas por não conseguir administrar o tempo.

Baseado nestas preocupações, pensei em um texto simples e objetivo, com três etapas para se colocar em prática. Então, vamos lá.

Primeira etapa

Temos que entender que administrar nosso tempo é, primeiramente, uma questão de disciplina da mente. Há pessoas que só de ficar pensando no que tem de fazer já perdem o dia inteiro sem realizar nada, perdem o foco, se angustiam e não saem do lugar! Essa angústia levará a uma sensação de frustração e a desmotivação tomará.

Muitas pessoas me relatam que agem ou agiam desta forma. Porém, faço-as entender que administrar o tempo não é questão de ficar contando os minutos dedicados a cada atividade, é uma questão de saber definir prioridades, focar.

Administrar o tempo é planejar estrategicamente a nossa vida. Para isso, precisamos em primeiro lugar saber onde queremos chegar, qual é o real objetivo a ser conquistado. Esse objetivo tem que ser claro e definido após uma reflexão. Sem ele não temos a “chave” para ligar o motor.

Nesta reflexão, considere seus próprios valores (morais, familiares, religiosos) independentes das imposições sociais. Por exemplo, se para alguns a prioridade é atingir uma meta no trabalho, para outros pode ser passar mais tempo com a família. Portanto, o objetivo é seu!

Segunda etapa
O planejamento é fundamental na segunda etapa. É importante criar estratégias, determinar prazos palpáveis, quantificar e principalmente definir (tentando visualizar) como as metas serão alcançadas.

Reflexões simples como “onde quero estar daqui tanto tempo?” e “qual o prazo que eu tenho?” ajudarão você a se organizar.

Terceira etapa

A terceira etapa e tão importante quanto as anteriores é o “colocar em prática”.

Costumo fazer uma analogia simples com meus pacientes, que quero compartilhar com vocês, leitores. A diferença entre a pessoa que teve muito sucesso e o fracassado está na ação, ou seja, enquanto a pessoa que tem sucesso acreditou em seu objetivo independente das barreiras, planejou, lutou, colocou em prática; o fracassado ficou perdendo tempo se lamentando, dizendo que era difícil, que ninguém daria oportunidade, que a barreira era alta demais para ser superada.

Tive a oportunidade de ler algumas biografias de pessoas que tiveram dificuldades e que tinham tudo para não crescer na vida, mas foram perseverantes, acreditaram em si mesmas. Podemos citar, sem aprofundar, a figura ilustre do grande comunicador Silvio Santos. Quem poderia imaginar que uma pessoa sem grandes estudos, sem um grande poder aquisitivo poderia chegar onde chegou? Ele acreditou, e isso foi FUNDAMENTAL.

Portanto, ache seu real objetivo, planeje, execute e acredite em você sempre, pois o acreditar lhe dará a sensação que “o céu é o limite”!

Por Alessandro Viana

Fonte: http://br.mulher.yahoo.com/administrando-o-tempo–administrando-a-vida.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s