Estrutura de um artigo científico


A dificuldade em estruturar um artigo é um dos obstáculos mais comuns para quem está iniciando a carreira científica e até para pesquisadores experientes. Segue abaixo um guia prático para a organização do artigo, baseado em referências listadas no final deste texto e na experiência dos autores. Lembre-se que existem variações de área para área.

Resumo

  • O resumo deve representar de forma fiel o conteúdo do trabalho.
  • Apresente o objetivo do trabalho de forma clara e suscinta.
  • Inclua as informações de maior relevância sobre o escopo, métodos, descobertas, resultados, conclusões e recomendações.
  • Não inclua citações ou referências a figuras e tabelas.
  • Defina símbolos que não são comuns e abreviações.
  • Não inclua tabelas ou ilustrações.
  • O resumo deve ser escrito de forma a poder ser lido independentemente.

Introdução

  • Introduza o assunto e a informação necessária para o leitor entender o resto do artigo.
  • Defina o objetivo e o escopo do trabalho. (O que distingue este trabalho dos outros?)
  • Não apresente descobertas ou conclusões.
  • Explique a organização do artigo quando o artigo é longo ou complexo.
  • Escrever o objetivo do estudo primeiro ajuda a focar o artigo.
  • Exceto pelo objetivo, o resumo e a introdução devem ser escritos depois do resto do artigo.

Materiais e métodos

  • Descreva os métodos, hipóteses e procedimentos usados.
  • Apresente os equipamentos usados, arranjo experimental e principais componentes, e discuta sua precisão. Quando equipamento é comercial, apresente o fabricante e modelo.
  • Apresente reagentes usados e fabricantes.
  • Discuta como os dados foram analisados e como as incertezas foram consideradas.
  • Mesmo quando os detalhes foram publicados anteriormente, apresente uma breve descrição que permita ao leitor avaliar os resultados sem consultar as referências de forma excessiva.
  • Apresente detalhes suficientes sobre o procedimento, equipamento e análise que permitam a replicação dos resultados.
  • Apresente apenas detalhes pertinentes ao presente estudo; não apresente informação introdutória e geral.

Resultados e discussão

  • Apresente as descobertas do estudo.
  • Na discussão, apresente a acurácia dos resultados e sua significância.
  • Detalhes que não são essenciais para o entendimento dos resultados devem ser incluidos no apêndice.
  • A discussão explica os resultados mas não os interpreta.

Conclusões

  • Interprete os resultados e discuta suas implicações.
  • Não apresente material novo.
  • As conclusões podem incluir deduções que são independente das condições específicas do estudo em questão, descobertas específicas do estudo, e opinião ou recomendação dos autores (por exemplo, outros estudos que podem ser realizados ou possíveis areas de investigação).
  • Escreva essa seção de forma a poder ser lida independentemente.

Agradecimentos

  • Agradeça às agências de fomento que financiaram o estudo.
  • Se necessário, agradeça àqueles que contribuíram para o estudo, mas não a ponto de merecer inclusão como co-autores (e.g., colaboradores, oficina mecânica, etc.).

Referências

A estrutura discutida acima foi baseada nas fontes abaixo, acrescida da opinião dos autores.

  • Scientific and Technical Reports – Preparation, Presentation, and Preservation. ANSI/NISO Z39.18-2005, NISO Press, Bethesda, Maryland (2005).
  • American Institute of Physics, AIP Style Manual, Fourth Edition, American Institute of Physics, New York (1990).

Fonte: http://cienciapratica.wordpress.com/2012/11/08/estrutura-de-um-artigo-cientifico/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s