Sua vida


As pessoas são responsáveis por suas crises!!!!

Níveis de consciência:

  1. Me magoam (motivo externo e de causa não identificada)
  2. Beltrano me magoa (motivo externo e causa identificada)
  3. Eu magoo Sicrano (consciência de que EU sou causa de um ato)
  4. Eu me magoo (mais alto nível de consciência, aquele em que você é autor e ator de tudo que vive)

É difícil aceitar que a culpa dos seus problemas não tem como fonte outras pessoas. Dói notar que não está bem e pensar que foi você mesmo que causou tudo o que vive e tudo o que sente. Quantas pessoas não concordarão com esse post? Quantas pessoas ficarão indignadas com o que escrevo?

“Poxa ela era tão minha amiga e acabou inventando histórias sobre mim e espalhando para as pessoas do trabalho. Ela me magoou muito com essa atitude!”. Tsc, tsc, tsc. Foi você quem confiou e vislumbrou a outra pessoa como perfeita, que só agiria do jeito que você achava conveniente. Você se magoou, você quem criou expectativas!

“Mas ela me disse que era minha amiga e me traiu!”. Bem, as pessoas tem o direito de mudar de opinião, inclusive você! Quem esperava, quem criou as expectativas foi você!

“Ah, então não é para confiar mais em ninguém?” Não necessariamente, você quem sabe, mas o que deve ficar bem claro na sua cabeça é que você tem saber administrar todas as situações da sua vida, que você comanda apenas os seus pensamentos e atos, não as dos outros. Entenda que mudança é uma característica de todos os seres humanos. Todos nós mudamos, cabe a você decidir como lidar com as mudanças…

Mas lembre-se: você não é responsável por aquilo que cativa nos outros, mas é responsável pelas expectativas e ilusões que cria em relação aos outros, mas para si!

Beijos,

 

Christiane Donato

 

Anúncios

2 opiniões sobre “Sua vida”

  1. Chris, eis o nirvana ou o caminho para felicidade. Difícil é aceitar “a parte que nos cabe” no latifúndio da culpa que construímos ao longo da existência.

    1. Pois é Najó…
      O negócio é a vivência diária de tomada de consciência.
      A prática do estar em si!
      Com o tempo podemos nos acostumar a isso também e nos habituarmos a não ter/sentir culpa, medo, ou qualquer outro sentimento que nos prejudique.
      Beijão Najó!
      Adorei sua visita!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s