O quanto sua confiança influencia na sua vida


Você está onde se coloca!

Quando você está encaixado em si, acredita em seu potencial não tem quem lhe derrube!

O que é seu é seu e ninguém toma!

Diferenças entre auto-confiança baixa e auto-confiança alta:

  • Baixa auto-confiança: a vítima!

A pessoa se sente rejeitada pela sociedade e sente-se inferior aos demais. Mas o maior problema é que ela não se sente capaz de mudar a situação em que se encontra e acaba sempre realizando as coisas da mesma maneira e tendo sempre os mesmos resultados indesejados. Ela não se acha capaz de mudar e modificar o que acontece com ela, por isso se vitimiza, e como pessoa passiva não age para mudar.

  • Alta auto-estima: o protagonista!

Quando as coisas não acontecem da forma que a pessoa esperava ou desejava ela imagina que pode ter sido algo do momento ou da situação e que pode reverter o problema mudando de estratégia ou se esforçando mais.  São pessoas persistentes, que ao enfrentarem os seus problemas tentam resolvê-los, e caso não seja de primeira, mudam de estratégia para tentar obter um resultado diferente. São pessoas que agem, impulsionam suas próprias vidas, são protagonistas do seu próprio filme.

De maneira geral são egoístas, mas não egocêntricos. Egoísta no que diz respeito de se colocar em primeiro lugar na sua própria vida, de se respeitar, de se compreender sem culpas e julgamentos. Diferente do egoísta, o egocêntrico que pensa ser o protagonista da vida de todo mundo, insubstituível e arrogante ao não saber compartilhar a cena com os demais protagonistas de suas respectivas vidas, quer que toda atenção, holofotes e importância da vida geral seja dele.

Ser egoísta não é feio, pecado, ruim, errado, moralmente incorreto. Ser egoísta é uma necessidade para que cada um tenha sua autenticidade e alta auto-estima. Compreender seus desejos, necessidades e vontades, aceitá-los e tentar realizá-los lhe torna uma pessoa melhor, agradável e de fácil e boa convivência, uma vez que todos nós devemos partilhar nossas vidas com os demais. Partilhar e não dar a sua vida ou viver a do outro.

Vivemos em sociedade e compartilhar o palco estrelando peças diferentes (cada um a sua vida) é o ponto chave de entendimento do que estou falando neste post.

Tenha o que é seu, viva o que é seu! Se é seu ninguém toma e não há dificuldade de ter: é seu e ponto.

Desejo que você tenha alta auto-estima e seja egoísta sem ser egocêntrico!

Abraço,

Christiane Donato

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s