Dicas para aumentar criticidade e possibilitar detectar peseudociências


Ficam aqui registradas, portanto, algumas ferramentas básicas indicadas por Carl Sagan para serem ensinadas desde cedo às crianças e indispensáveis ao nosso ‘kit’ pessoal de detecção da pseudociência: 1) esteja disposto a acolher fatos novos, mesmo que eles não se ajustem às suas preconcepções; 2) guarde hipóteses alternativas em sua mente, para ver qual se adapta melhor à realidade; 3) examine cética e rigorosamente as novas ideias e desconfie dos argumentos de autoridade.

Sobretudo em tempos de maior disseminação de informações e da amplitude que estas ganham nas redes sociais, essa última dica – desconfiar dos argumentos de autoridade – torna-se especialmente importante. Afinal, como disse Sagan, a “ciência está longe de ser um instrumento perfeito de conhecimento”, mas é “o melhor que temos” e, atualmente, simular os métodos e a linguagem da ciência e passar-se por “especialista” ou “cientista” têm sido um recurso frequente para se disseminar (e vender) pseudociência.

Fonte: http://cienciahoje.uol.com.br/alo-professor/intervalo/2014/02/antidoto-contra-pseudociencias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s