Dia do professor – por que 15 de outubro?


O Dia do Professor é comemorado no Brasil em 15 de outubro, dia consagrado pela igreja católica à educadora Tereza D’Ávila.

Nascida Teresa de Cepeda y Ahumada em 1515 em Gotarrendura, uma cidade na província de Ávila, no Reino de Castela foi canonizada em 1622 como Santa Tereza de Jesus ou Santa Tereza D’Ávila, que reconhecida pela notável inteligência, comparada, em seu tempo, a dos doutores da Igreja foi eleita “Padroeira dos Professores”.

Em função dessa data litúrgica D. Pedro I escolheu esse mesmo dia para baixar em 1827 o Decreto Imperial que criava o Ensino Elementar no Brasil.

Tem-se que no início da década de 30, as primeiras comemorações já aconteciam, mas sem grande repercussão.

Existem relatos, no entanto, que em 1947 ocorreu o primeiro evento dedicado ao Professor, digno de nota.

Em São Paulo no Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”, o professor Salomão Becker e seus colegas Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko tiveram a ideia de escolher esse dia para um congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

Nesse mesmo ano formou-se, então, a “Comissão Pró-Oficialização do Dia do Professor”, com intensa atividade de mobilização no Ministério da Educação, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e na Secretaria de Educação.

Em 13 de outubro de 1948, o Projeto foi transformado na Lei estadual nº 174.

A conquista paulista correu o País e quase todos os estados aprovaram leis instituindo o feriado escolar do Dia do Professor em 15 de outubro. A partir daí, iniciou-se o trabalho pelo reconhecimento nacional da homenagem, por meio de decreto federal.

Em um trecho do Memorial enviado ao Ministro da Educação, solicitando a declaração de feriado escolar nacional, o professor Alfredo Gomes argumentou: “Se o professor é o generoso semeador de ideias que permitem o conhecimento da vida e acendem, no espírito, o sagrado fogo da esperança; se ele é quem faz e estimula vontades e caracteres; se é ele fator primacial na formação moral e intelectual das novas gerações, torna-se elementar ato de justiça e reconhecimento, homenagear sua missão pelo muito que representa para a Cultura e para a própria Nacionalidade”.

Assim, a data foi oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963 que assim o definiu: “Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias”.

Dia do Professor em outros países:

Tailândia – 16 de janeiro;
Paraguai –
30 de abril;
Estados Unidos –
em maio, na primeira terça-feira;
México –
15 de maio;
Índia –
5 de setembro;
China –
10 de setembro;
Argentina –
11 de setembro;
Uruguai –
22 de setembro;
Taiwan –
28 de setembro;
Unesco e outros países –
5 de outubro;
Chile –
16 de outubro.

Seja qual for a data escolhida, não deixaremos passar em branco esse dia de homenagem, por isso como de praxe eu convido nossos leitores a completarem esse artigo, postando suas impressões sobre o professor ou professores  que mais marcaram sua vida escolar.

Artigo de Mustafá Ali Kanso 

Fonte: http://hypescience.com/dia-do-professor-por-que-15-de-outubro/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s