Arquivo da tag: educação

Exposição Veredas da Terra – sobre cavernas


CARTAZ_VEREDAS_DA_TERRA

CARTA CONVITE

Prezado(a),

O Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe (CODAP/UFS) e Grupo de Pesquisa Seminalis – CNPq/UFS convidam todos para prestigiar a exposição “Veredas da Terra”. O objetivo geral dessa exposição é divulgar a Espeleologia (Ciência que estuda as cavernas), utilizando como exemplo as cavernas sergipanas.
A abertura da exposição será dia 20 de janeiro, às 16h, e poderá ser visitada até 14 de março no Hall de entrada da Biblioteca Central – BICEN/UFS.

*
Horários de visitação:
Segunda a sexta: 07h – 22h
Sábado: 08h – 13h

*
A escola interessada em participar da visita com monitoria deverá agendar pelo e-mail: christianecrd@yahoo.com.br. A exposição está direcionada para crianças, jovens e adultos e as explicações serão pedagogicamente adaptadas de acordo com a faixa etária e o nível de escolaridade. As visitas poderão ocorrer às segundas, terças e sextas, nos turnos da manhã, tarde e noite. Para maiores esclarecimentos: 2105-6931.

*
A exposição é composta por ambientes e recursos de aprendizagem. A organização dos itens expostos cria a ambiência mista de Museu de História Natural e Galeria de Artes.

*
A exposição é um resultado social da tese “Memória Espeleológica: dinâmica ambiental e conservação” vinculada ao programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente – PRODEMA/UFS e apresenta produtos de projetos de: (1) Ensino – realizado com os alunos do 3º ano do CODAP/UFS (Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe); (2) Extensão – Maquete de caverna 3D inclusiva (financiada pela FAPITEC – Edital FAPITEC/SE/FUNTEC/CNPq nº 02/2015 – Olimpíadas e Popularização da Ciência), Intercâmbio de práticas pedagógicas interescolares (CODAP/UFS – C.E.G. Roberto Santos) e História da Matemática (coordenado pela professora Silvânia da Silva Costa); e (3) Pesquisa – trabalhos realizados por docentes e discentes do PRODEMA/UFS, do DAGEO/UFS (Grupo de Pesquisa em Dinâmica Ambiental e Geomorfologia) e LBC/UFS (Laboratório de Biologia da Conservação).

*
A Espeleologia é a ciência que estuda as cavernas, sua gênese e evolução, passando pela compreensão do seu ambiente físico, químico e biológico, assim como também dos meios e técnicas que são inerentes ao seu estudo. Essa ciência tem base metodológica e teórica interdisciplinar, uma vez que todos os aspectos relacionados ao ambiente interno e externo às cavernas são analisados.

*
A finalidade de elaborar uma exposição temporária com um tema regional, em que os visitantes podem interagir com o que está exposto deve-se à valorização da aprendizagem significativa, a qual tem como princípio que o indivíduo para aprender verdadeiramente precisa que o conteúdo seja o mais próximo de sua realidade. Assim são associadas afetividade, estética e interatividade para auxiliar nessa contextualização.

 

Anúncios

Uma bela lição sobre o privilégio e a desigualdade


Se você está lendo isso, você provavelmente tem alguns privilégios que você pode nem mesmo se dar conta de que tem. Você pode até enxergar o que você tem como algo natural e garantido, tal é a natureza do privilégio. Pode ser uma coisa difícil de entender, mesmo para os adultos. Mas um professor do ensino médio encontrou uma maneira maravilhosamente simples de explicar isso para que todos os seus alunos entendessem a mensagem.

Ele fez um exercício simples. Em primeiro lugar, todos os alunos receberam foram orientados a fazer bolas de papel. Em seguida, a lata de lixo reciclável foi colocada na parte da frente da sala de aula. “Vocês representam a população do país, e todo mundo tem a chance de se tornar rico e chegar à classe alta. Tudo o que você deve fazer é lançar as suas bolas de papel para o lixo sentados em seus lugares”.

Obviamente, os alunos do fundo da sala estavam em situação pior do que os da frente, e queixaram-se desta injustiça. Todo mundo jogou sua bola e muitos (não todos) alunos na frente acertaram o alvo, enquanto apenas alguns na parte de trás conseguiram, como era esperado.

“Quanto mais perto você está da lixeira, melhores as suas chances: isso é privilégio. Vocês notaram como os únicos que se queixaram estavam no fundo da sala?”, perguntou o professor. “As pessoas na frente da sala estavam menos propensas a ter consciência do seu privilégio. Elas só viam os 10 metros entre eles e seu objetivo”.

“Vocês estão recebendo uma educação, e seu trabalho é estarem cientes de seu privilégio. Utilizem este privilégio chamado “educação” para tentar conseguir grandes coisas, mas também para defender aqueles que estão atrás de vocês”. Uma boa reflexão para quem é contra a distribuição de renda, como a que é feita através de programas como o Bolsa Família, mas não percebe que sempre largou na frente.

Fontes: